Todos os posts de jnnabocadopovo

Caminhonete com indícios de clonagem é apreendida em Cambuci

De acordo com a Seção de Comunicação Social do 36°BPM, nesta sexta-feira, 20 de maio, Policiais Militares receberam informações dando conta que uma caminhonete Toyota Hilux de cor preta e placa de Juiz de Fora MG, teria indícios de clonagem e estaria circulando em Cambuci-RJ.

Durante patrulhamento tiveram a atenção voltada para tal veículo que encontrava-se estacionado na rua Sebastião Assis Costa, no bairro Miguelito, onde foi feito a abordagem onde um homem de 37 anos se apresentou como proprietário do veículo, porém informou que não possuía recibo de compra e venda da caminhonete.

Diante disso a guarnição realizou contato com o proprietário real do veículo ora clonado, que confirmou que este veículo estava naquele momento em sua posse na cidade de Juiz de Fora –MG, onde reside e que todos os documentos relacionados ao veículo, inclusive o recibo de compra e venda estavam em sua posse.

O mesmo então se dirigiu com o veículo até a Delegacia de Polícia Civil em Juiz de Fora-MG onde registrou o fato.

Em Cambuci, o caso seguiu para a 142ª DP onde foi feito o registro e o veículo ficou apreendido para ser periciado.

Lei que proíbe fogos de artifício com ruídos sonoros em Pádua, é sancionada

Foi sancionada no dia 12 de maio, pelo prefeito de Santo Antônio de Pádua, Paulo Roberto Pinheiro, a Lei que proíbe o uso de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos com ruídos sonoros em todo o território do município de Santo Antônio de Pádua.

A Lei n°4.194, é de autoria da Vereadora Eliana Blanc de Souza, e de acordo com a vereadora essa Lei visa proteger os idosos, os animais e as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), que já vinham pedindo por essa Lei.

Para o Jornal na Boca do Povo, a vereadora disse que sugeriu através de indicação a criação do DISQUE DENÚNCIA, e caso não seja acatado por indicação a vereadora pretende fazer o Projeto de Lei para que seja criado o Disque Denúncia.

A Lei de proibição de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos com ruídos sonoros, se estende a todo território municipal em recintos fechados e ambientes abertos, em áreas públicas e locais privados.

Em parágrafo único, no alvará expedido deverá constar que: ¨somente será permitido o uso de fogos de artifício silenciosos (sem estampido) durante eventos¨.

O Poder Executivo Municipal, regulamentará a presente Lei, especialmente quanto a imputação de multas e demais medidas repressivas, bem como adaptá-la e destinar a receita advinda das multas aplicadas.

Prazo de inscrições para o Enem 2022 termina amanhã

Pagamento da taxa de inscrição pode ser feito até 27 de maio

Termina, às 23h59 (horário de Brasília) deste sábado (21), o prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, versões impressa e digital. Todos os interessados em fazer o exame, isentos ou não, devem se inscrever pela Página do Participante. O exame será aplicado em todos os estados brasileiros, nos dias 13 e 20 de novembro.

Pagamento

Após a inscrição, o participante não isento deve acessar a Página do Participante, com login e senha únicos cadastrados no portal do governo federal (Gov.br), para escolher a forma de pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 85.

O prazo para pagar a taxa é até 27 de maio. Pela primeira vez, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) possibilitou o pagamento da taxa por meio de PIX e cartão de crédito, além do tradicional boleto – Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança). Vale lembrar que, após selecionar a opção de pagamento, não será possível alterar a escolha.

Nome social

O participante que se identifica e quer ser reconhecido socialmente pela sua identidade de gênero (participante transexual, travesti ou transgênero) e que já tem o respectivo nome cadastrado na Receita Federal será identificado pelo nome social no momento da inscrição. Contudo, será necessário confirmar a opção na Página do Participante, entre os dias 23 e 28 de junho.

Para os candidatos que querem ser identificados pelo nome social e não têm o respectivo nome cadastrado na Receita, o Inep orienta que seja feita a solicitação de tratamento após a inscrição, no período de 23 a 28 de junho, pela Página do Participante.

Para esse procedimento, será necessário apresentar uma lista de documentos de comprovação das condições que o motivam: foto atual, nítida, individual, colorida, com fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro, sem uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares); e cópia digitalizada, frente e verso, de um dos documentos de identificação oficiais com foto, válido.

Documentos enviados fora do prazo ou externos à Página do Participante não serão aceitos. Toda a documentação deverá ser anexada e enviada em formato PDF, PNG ou JPG, com tamanho máximo de 2 megabytes (MB).

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica.

Ao longo de mais de duas décadas de existência, tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes, além de universidades em Portugal.

Fonte: Agência Brasil /  Foto: Valter Campanato

Visto pela última vez há 20 anos atrás no Rio Pomba em Pádua, Projeto Piabanha e Copapa soltará cerca de 2 mil surubim- do-Paraíba

Em homenagem ao Dia Mundial das Espécies Migratórias, será efetuada neste sábado, 21 de maio a partir das 9h, a soltura de cerca de 2 mil juvenis de uma das espécies de peixe mais ameaçada da bacia do rio Paraíba do Sul, o surubim-do-Paraíba, também haverá atividades de conservação junto a comunidade ribeirinha.

De acordo com o biólogo do Projeto Piabanha, Dr. Guilherme, no ano de 2002 o projeto foi presenteado com dois surubim-do Paraíba que foram capturados no Centro de Santo Antônio de Pádua, pelo pescador Jefim Tuia, que ficou sensível à causa e presenteou o Projeto. Com medo de perder essa preciosidade, o Projeto enviou os bichos para a Cia Energética de São Paulo (CESP), onde estão até hoje. Em 2003 o Rio Pomba sofreu um dos maiores desastres, desde então nunca mais foi capturado nenhum indivíduo da espécie no Pomba, existem rumores de que dois meses atrás foi capturado surubim, mas é necessário ver fotos para confirmar.

O projeto realizou três anos de monitoramento, porém sem sucesso, levando a crer que o bicho está extinto localmente, e após 20 anos será realizado a soltura no mesmo ponto (ILHA DA CONVIVÊNCIA)que os últimos foram capturados cerca de 2 mil surubim de 15 cm.

¨Iremos levar uma piscina para a praça pública, vamos soltar todos os bichos nesta piscina e vamos mostrar como é feita a coleta de DNA  e demarcação, em seguida será feita a soltura dos animais.¨- ressaltou o biólogo, Dr. Guilherme.

O evento organizado pelo Projeto Piabanha e a Copapa, com apoio da Secretaria de Educação e Meio Ambiente de Santo Antônio de Pádua, FIPERJ, APESCA, Prefeitura de Itaocara, UENF, PESAGRO-RIO e Instituto Humanize, será realizado na Praça Monsenhor Diniz no Centro de Pádua.

Foto Capa- Ilustação: REPRODUÇÃO - crescimento dos filhotes do surubim-do-Paraíba (Steindachneridiom parahybae) - Projeto Piabanha

Sistema de abastecimento de água tratada em Aperibé é automatizado

Oferta de água se torna mais eficiente, através de manutenções e melhorias contínuas na estação de tratamento

Fazer atividades domésticas era uma dificuldade para quem mora no bairro Ponte Seca, em Aperibé. Segundo Zeli Ferreira, que reside no local com a família, “Não dava nem para lavar o quintal, deixar tudo limpinho, porque não tinha água”. Tempos difíceis, mas que ficaram no passado, como também conta Wilkerson dos Santos, outro morador de Ponte Seca. “Desde o fim do ano passado a água passou a chegar com pressão. Melhorou muito!”, diz o vendedor.

A melhoria na distribuição de água tratada percebida por Zeli e Wilkerson é reflexo das intervenções realizadas na estação de tratamento de água, cuja vazão é de 40 litros de água por segundo, e no reservatório, que armazena 600 mil litros de água tratada.

A Águas do Rio automatizou as respectivas unidades do sistema de abastecimento do município do Noroeste Fluminense com a instalação de painéis eletrônicos com sensores que monitoram as estruturas em tempo real, durante 24h por dia. O controle da pressão nas tubulações e do desempenho do sistema de bombeamento é feito no Centro de Operações Integradas da concessionária, instalado no centro da capital.

“A missão da Águas do Rio é prestar um serviço de saneamento básico com qualidade, eficiência e respeito ao meio ambiente, contribuindo para a saúde da população e para o desenvolvimento sustentável. E dessa forma, proporcionar uma rotina saudável no que tange ao acesso à água tratada. Elaboramos um plano de melhorias e aquisições de equipamentos para reforçarmos o sistema de abastecimento de forma gradativa”, explica Pedro Freitas, diretor superintendente da Águas do Rio. 

Aumento da oferta de água tratada

Desde que assumiu a concessão, em novembro de 2021, a Águas do Rio vem realizando melhorias nos sistemas de água e esgoto. Inicialmente, a estação de tratamento de água tinha capacidade de produzir 28 litros por segundo e, após a manutenção na bomba do sistema, a estação passou a tratar 40 litros de água por segundo, beneficiando 12 mil pessoas.

A concessionária também executou uma obra de extensão de 80 metros de rede de água tratada na Rodovia RJ-116, no trecho do bairro Cidade Nova. Com a nova rede, mais de 25 pessoas agora podem receber água tratada e de qualidade.

Crédito fotos: Ascom Águas do Rio