Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (20), em Brasília, a liberação para uso emergencial de dois medicamentos experimentais da farmacêutica suíça Roche contra a covid-19, desenvolvidos em parceria com a empresa de biotecnologia americana Regeneron. 

Os remédios, contendo casirivimabe e imdevimabe (REGN-COV-2), atuam em ligação com a coroa do vírus de forma a impedir sua entrada nas células ainda não infectadas para replicar o material genético, controlando a doença.

A medicação é indicada especialmente para pacientes que estão em idade avançada, obesos, que tenham doença cardiovascular, hipertensão, doença pulmonar crônica, aids, diabetes, doenças respiratórias, doença renal crônica e doença hepática, entre outras comorbidades e que apresentam alto risco de desenvolver progressão para um quadro grave da covid-19.

Segundo a Anvisa, o medicamento será de uso restrito a hospitais, para uso ambulatorial, ou seja, para pacientes que apresentam sintomas leves da doença, sendo administrado somente com prescrição médica. O medicamento não é recomendado para uso precoce ou preventivo. Também não será permitida a sua comercialização ou venda em farmácias.

O coquetel foi liberado para ser administrado em pacientes a partir de 12 anos, que pesem mais de 40 kg, que não necessitem de suplementação de oxigênio e não apresentem o quadro grave da doença. A aplicação é intravenosa e deve ser administrada logo após a confirmação, por meio de teste viral, até dez dias após o início dos sintomas.

Segundo o gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Gustavo Silva Santos, o coquetel usa dois anticorpos monoclonais que trabalham para neutralizar o vírus, fornecendo “anticorpos extras” para os pacientes.

“A ideia desse produto é que nesses pacientes se mimetize o que seria a resposta imune natural dos anticorpos produzidos em células e que essa produção extra-humana de anticorpos ajude a promover a ação imunológica”, disse. 

“[Mas] esse produto não é recomendado para quem já está na situação grave da doença. Para aqueles que já estão internados se observa uma piora no desfecho clínico quando administrado em pacientes hospitalizados com covid-19 que necessitam de suplementação de oxigênio de alto fluxo ou ventilação mecânica”, acrescentou.

Redução de 70,4% na hospitalização

Santos apresentou dados das pesquisas dos medicamentos e disse que os resultados preliminares em pacientes ambulatoriais, desde o diagnóstico da doença até 29 dias após início do tratamento, mostraram uma redução de 70,4% na hospitalização ou morte relacionadas com a covid-19.

“O que a gente percebeu foi uma redução significativa e clinicamente relevante de 70,4% no número de pacientes hospitalizados ou morte por quaisquer causas quando comparado com o placebo”, disse. “Ele foi muito bem tolerado, tem um perfil de segurança aceitável.

O pedido para o uso dos medicamentos foi feito pela Roche em 1º de abril. A diretora da Anvisa e relatora do processo de liberação do medicamento, Meire Sousa Freitas, lembrou que ele já foi aprovado para uso emergencial pela Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, após apresentar bons resultados em pacientes com sintomas leves e moderados da covid-19.

A Anvisa aprovou um prazo de validade de 12 meses para os medicamentos, por se tratar de uso emergencial. A relatora lembrou que a agência também já liberou, em março, o uso do antiviral Remdesivir, produzido pela biofarmacêutica Gilead Sciences, para o tratamento da covid-19, e que a nova autorização vai ajudar a aliviar o sistema de saúde do país.

“A autorização emergencial desses anticorpos monoclonais oferece aos profissionais de saúde mais uma ferramenta no combate a essa pandemia”, disse.

Meire lembrou que a autorização é de uso emergencial, por se tratar de um medicamento ainda em desenvolvimento, e que o processo de aprovação do registro definitivo ainda precisa de mais pesquisas e investigação clínica.

Ela alertou ainda que não há pesquisas tratando da aplicação de vacinas contra a covid-19 em pacientes que foram submetidos ao novo medicamento e que a recomendação é de que o paciente deve aguardar um período de 90 dias após a administração do medicamento para tomar a vacina.

“Atualmente não há dados sobre a segurança e eficácia das vacinas autorizadas pela Anvisa em pessoas que receberam esses anticorpos monoclonais como parte do tratamento da covid-19. Portanto, antes de se vacinar o paciente deve ser avaliado pelo médico”, finalizou.

Fonte: Agência Brasil

Campos vai receber restaurante do povo através do Programa RJ Alimenta

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bruno Dauaire, vai  inaugurar, no próximo dia 7 de maio, no município de Campos, no norte fluminense do Rio de Janeiro, o programa RJ-Alimenta. A população em situação de vulnerabilidade daquela cidade, vai ter comida boa e barata.


A iniciativa do Governo do Estado do Rio Janeiro #semtempoaperde,  através da SEDSDH, vai oferecer 1.500 refeições  diárias, entre café da manhã, almoço e jantar.

“Sabemos da grande dificuldade da maioria da população campista – principalmente nesse momento em que atravessamos uma crise sanitária sem precedentes -, mas estamos trabalhando incansavelmente para ajudar a todos que se encontraram em situação de vulnerabilidade social”, afirma o secretário Bruno Dauaire.

Pádua confirma o 104° óbito pela Covid-19, município possui 229 casos ativos

O município de Santo Antônio de Pádua confirmou na tarde desta terça-feira 20 de abril o 104° óbito pela Covid-19.

Além do óbito confirmado o município registrou 32 novos casos e 30 novos curados nas últimas 24 horas.

Ainda de acordo com o boletim o município possui 4.228 casos confirmados, são 200 casos suspeitos, são 27 casos em isolamento hospitalar sendo que 09 estão fora do município, 3.895 estão curados, 07 óbitos estão em investigação e são 104 óbitos confirmados.

Sendo 4.228 casos confirmados, 3.895 curados e 104 óbitos o município possui 229 casos ativos.

De acordo com o vacinômetro, 6.684 pessoas vacinadas com a primeira dose e 2.087 com a segunda dose.

Idosos Residentes Em Instituições De Longa Permanência8781
Deficientes Institucionalizados55
Profissionais Da Entidade (Asilos)6663
Profissionais De Saúde Da Atenção Basica, Especializada E Lotados Em Instalação Hospitalar1102742
Idosos54241196

Veja no mapa o número de casos ativos por bairros e distritos:

Pode ser uma imagem de texto que diz "SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA ATUALIZAÇÃO DO DIA 20/04/2021 VIGILÂNCIA DA COVID-19 08 CASOS POR FAIXA ETÁRIA 11 10-19 20-29 30-39 17 39 50-59 40 60-69 70-79 80-89 >-90 24 42 40-49 09 38 SANTA MONTE ALEGRE IBITIGUAÇU 02 CARVALHO MIRANTE LOT. ECCARD 08 CIDADE NOVA ALPHAVILLE FERREIRA ΜΕΙΑ LARANJA CAIXA D'ÁGUA GERADOR DEZESSETE 03 06 20 SÃOLUIZ ceHaB CENTRO CHÁCARA 08 SÃO JOSÉ CAMPO ALEGRE TAVARES ALEXIS 01 BEIRA FAROL FONSECA DIVINEIA 04 13 PARQUE MONTELÍBANO DAS ÁGUAS SANTA_AFRA GLÓRIA 04 02 GABRY ARRAIALZINHO 04 MARANGATU BALTAZAR IBITINEMA BOA NOVA CHALÉ 02 RECANTO DAS GARÇAS PREFEITURA ANTO,ANTÔNIO DE PADUA"

IFF Pádua oferece 105 vagas gratuitas para cursos de qualificação profissional

Cursos de Formação Inicial fazem parte de itinerário formativo. Interessados podem se inscrever até dia 26 de abril, por formulário on-line.

O Instituto Federal Fluminense Campus Santo Antônio de Pádua está oferecendo 105 vagas para os Cursos de Formação Inicial em Auxiliar Financeiro, Promotor de Vendas, e Auxiliar em Administração. São destinadas 35 vagas para cada curso, que serão preenchidas por meio de análise da inscrição e sorteio eletrônico público. Interessados podem se inscrever gratuitamente até o dia 26 de abril, por meio de formulário on-line, disponível AQUI. Para participar é preciso ter mais de 18 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. Inicialmente, as aulas acontecerão remotamente devido à pandemia do novo coronavírus, no turno da noite, das 18h às 22h15min, e os cursos têm previsão de início no dia 10 de maio, com término em 24 de setembro de 2021.

O sorteio acontecerá no dia 28 de abril, às 10h, e o resultado publicado no mesmo dia, no Portal de Seleções. As matrículas serão feitas por e-mail, nos dias 29 e 30 de abril. Para se matricularem, os convocados deverão enviar para matriculafic.padua@iff.edu.br a documentação prevista no edital, que inclui histórico ou certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou declaração de regularidade de matrícula; certidão de nascimento ou casamento; identidade; CPF; comprovante de residência; título de eleitor, entre outros.

Sobre os cursos

O curso de Formação Inicial em Auxiliar Financeiro visa formar profissionais para atuar nos processos do departamento financeiro da empresa, executando atividades de apoio nas áreas de recursos humanos, finanças, produção, logística e vendas, avaliando as situações com senso crítico e ético a fim de garantir a organização de dados e documentos, observando os procedimentos operacionais e a legislação.

O curso de Formação Inicial em Promotor de Vendas visa formar profissionais capazes de organizar equipes de trabalho; impulsionar ações de vendas; pesquisar produtos e serviços da concorrência; controlar e subsidiar as ações de promoção das vendas nos PDVs; expor mercadorias; fazer reposições de mercadorias; elaborar relatórios de vendas, promoções, demonstrações e pesquisa de preços; informar características dos produtos; executar ações de merchandising nos pontos de venda.

O curso de Formação Inicial em Auxiliar de Administração visa preparar o aluno selecionado para atuar nos processos administrativos de empresas, observar os procedimentos operacionais, saber trabalhar em equipe, adotar atitudes éticas no trabalho e no convívio social, agir com iniciativa, criatividade, proatividade e responsabilidade. 

Os cursos fazem parte de um itinerário formativo, de modo que os estudantes que concluírem as três capacitações poderão obter o título de técnico em Administração.

 Mais informações podem ser obtidas no Edital nº 02/2021, disponível AQUI.

Vídeo: Grave acidente na BR 356 em Itaperuna, deixa uma vítima fatal

Um grave acidente na manhã desta terça-feira 20 de abril deixou duas pessoas feridas e uma pessoa morta na BR-356 em Itaperuna, na altura do KM 49.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um carro de passeio e um caminhão carregado de cerveja se envolveram em uma colisão que ocasionou com uma vítima fatal e duas pessoas feridas, a vítima fatal não teve sua identidade divulgada pelas autoridades policiais.

Com o impacto o caminhão tombou e o veículo de passeio uma Ford Range, subiu no guarda-corpo que fica à margem da BR, as vítimas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital São José do Avaí em Itaperuna.