ABRIL TEM A MAIOR CRIAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS DESDE 2013

Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril, o maior nível para o mês em seis anos.

Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, 129.601 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

O presidente Jair Bolsonaro comemorou o resultado. “Ainda estamos longe do ideal, mas no caminho certo!”

Na divisão por ramos de atividade, todos os oito setores pesquisados criaram empregos formais em abril. O campeão foi o setor de serviços, com a abertura de 66.290 postos, seguido pela indústria de transformação (20.470 postos). Em terceiro lugar, vem a construção civil (14.067 postos).

O nível de emprego aumentou na agropecuária (13.907 postos); no comércio (12.291 postos), na administração pública (1.241 postos); nos serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento (867 postos) e extrativismo mineral (454 postos).

Tradicionalmente, a geração de emprego é alta em abril, por causa do início das safras e do aquecimento da indústria e dos serviços.




Nos serviços, a criação de empregos foi puxada pelos atendimentos médicos, odontológicos e veterinários, com a abertura de 20.589 postos formais; seguido pelo comércio e administração de imóveis, valores mobiliários e serviço técnico, com 13.023 vagas.

Na indústria de transformação, a criação de empregos foi impulsionada pela indústria de produtos alimentícios e de bebidas (9.884 postos); pela indústria química de produtos farmacêuticos, veterinários e perfumaria (7.680 postos) e pela indústria têxtil (1.845 postos).

POLICIA RECUPERA EM CARMO CARGA DE CIGARROS ROUBADA EM LEOPOLDINA MG

A Polícia Militar apreendeu 27 mil maços de cigarros em Carmo, nesta quinta-feira (23/05).

Segundo informações da PM, a carga tinha sido roubada em Leopoldina (MG) na quarta (22/05).

Ainda de acordo com a PM, durante patrulhamento pela RJ-158, os agentes solicitaram que uma van furgão parasse.

Os suspeitos que estavam dentro do veículo seguiram viagem e tentaram fugir através da RJ-160, entrando em uma estrada de chão.

O grupo abandonou o carro com os maços de cigarro e fugiu. Ninguém foi preso até o momento.

Dentro do carro foram encontrados 27 mil maços de cigarro, um detector de metais, três máscaras, dois pares de luvas e 29 munições calibre 38.

O caso foi registrado na 112ª Delegacia de Polícia e um responsável pela empresa de cigarros esteve na unidade para retirar a carga.

SERÁ QUE FUNCIONA EM PÁDUA?? JUIZ DE ITAOCARA PROÍBE MENORES APÓS AS 22:30 NAS RUAS

Uma portaria publicada desde 2010 proíbe a permanência de menores de 18 anos desacompanhados de seus responsáveis em logradouros públicos do município de Itaocara depois das 22h30, entre as segundas e quintas-feiras. Aos fins de semana, o menor poderá ficar até a meia noite desacompanhado.
Nove anos depois, a medida começará a ser colocada em prática. Os adolescentes desacompanhados de seus responsáveis que forem flagrados depois do horário poderão ser apreendidos pelo Conselho Tutelar, e os responsáveis legais autuados. O Conselho Tutelar também notificou a Polícia Militar e a Polícia Civil para o cumprimento da decisão.
A medida foi necessária devido ao crescente número de jovens ingressando no mundo das drogas, licitas e ilícitas, em idade incompatível ao previsto na legislação.

REPÓRTER DA RECORD É AFASTADO APÓS SER ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL

A Record TV afastou, nesta sexta-feira, o repórter Gérson de Souza, do programa ‘Domingo Espetacular’, após ter sido denunciado por 12 mulheres de assédio sexual. Segundo informações ele permanecerá afastado até o dia 10 de julho, quando entra de férias. A emissora só tomará novas decisões depois que o inquérito policial terminar.
Nesta quinta-feira, duas jornalistas foram à Polícia Civil de São Paulo para denunciar o repórter. Hoje, mais dez funcionárias da Record foram a delegacia para denunciá-lo também. Elas contaram que Gérson tentava roubar beijos, falava palavras obscenas. Algumas disseram que foram apalpadas por ele.

O repórter sustenta que é “revanchismo” de uma produtora e nega ter assediado as mulheres. Ele também disse ser “de uma época em que se brincava (com mulheres)”.

COMPROMISSO COM A VERDADE