Forte chuva causa transtornos em Pádua, Miracema e Itaocara

Em Miracema houve queda de granizo em alguns pontos do município

O Instituto Nacional de Meteorologia havia emitido um alerta no início da tarde para chuvas intensas na região durante esta terça-feira 30 de novembro, com previsão de 20 a 30mm/h podendo chegar a 50mm/dia.

Na tarde desta terça-feira 30 de novembro uma forte chuva passou pelos municípios de Miracema, Santo Antônio de Pádua e Itaocara, causando alguns transtornos.

Em Miracema, foram registrados queda de granizo, alagamentos em algumas ruas e quedas de árvores.

Miracema

Alguns requisitos e casas sofreram danos com a queda dos granizos no município, ¨minha casa está toda destruída¨ – relatou uma moradora de Miracema.

Em sua rede social o prefeito Clovinho Tostes informou que a Defesa Civil esta nas ruas realizando os trabalhos necessários, em nota publicada a Defesa Civil do município informou que as equipes estão trabalhando para retirada de árvores que caíram em vias públicas, como na RJ 166, próximo ao bar do Beto, estrada Miracema – Campelo, além das árvores uma fiação da rede elétrica caiu próximo ao parque de exposições.

Já em Santo Antônio de Pádua, a chuva causou alagamentos em vários pontos do município alagando ruas e algumas casas foram invadidas pelas águas.

Em frente ao Hospital Hélio Montezano a água tomou conta da via que ficou interditada com o congestionamento dos veículos, moradores se uniram iniciaram uma ação voluntária tentando desentupir alguns dos bueiros.

Santo Antônio de Pádua- em frente ao Hospital Hélio Montezano

De acordo com o CEMADEN o município de Santo Antônio de Pádua registrou até o momento cerca de 66mm de chuva em 3h.

Para nossa redação a Defesa Civil de Santo Antônio de Pádua informou que houve chamados em Campelo e na estrada entre Pádua x Monte Alegre, chamados referentes a queda de árvores, ainda de acordo com a Defesa Civil até o momento não houve nenhum chamado sobre algo mais sério.

Além dos alagamentos nas vias públicas e em residências os munícipes continuam reclamando da instabilidade da energia elétrica em Santo Antônio de Pádua.

Em Itaocara o Centro foi o mais atingido. Carros não conseguem transitar na Rua São José. Na Patápio Silva, a água chegou a cobrir a metade dos carros e um dos veículos chegou a ser movimentado pela força da enxurrada. Ainda chove na cidade, com intensidade fraca.

   O pluviômetro do Centro de Monitoramento de Alertas e Desastres Naturais – Cemaden, situado no quartel do Corpo de Bombeiros de Itaocara, registrou 55 milímetros, o que normalmente chove em uma semana. Mais cedo, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) havia emitido um alerta para a região.

    Os bueiros não suportaram a vazão e as ruas encheram. A água entrou em casas, estabelecimentos e até na maior escola da rede municipal, o Colégio Nildo Nara. O Córrego Santo Antônio subiu muito, mas não chegou a sair da calha.

A chuva atinge praticamente todos os municípios do Norte e Noroeste Fluminense.

MATÉRIA EM ATUALIZAÇÃO:

URGENTE: Dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na tarde desta terça-feira (30) que serão enviadas para análise laboratorial as amostras de dois brasileiros que, em análise preliminar, apresentaram resultado positivo para a variante Ômicron do novo coronavírus. A testagem foi realizada pelo laboratório Albert Einstein.

O caso positivo investigado é de um passageiro vindo da África do Sul e que desembarcou no aeroporto internacional em Guarulhos, São Paulo, no dia 23. O passageiro portava  resultado de RT-PCR negativo e ia voltar para o país africano no dia 25 e ia fazer novo teste, acompanhado de sua mulher, para poder embarcar. Nesse novo teste os dois testaram positivo para a covid-19 e foi feita a comunicação ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo.

O laboratório Albert Einstein fez o sequenciamento genético das amostras e notificou a Anvisa sobre os resultados positivos e informou hoje que tratava-se da nova variante. 

“Diante da identificação e testagem com resultado positivo para Covid-19, a Rede CIEVS, ligada ao Ministério da Saúde, deve monitorar casos de acordo com o sistema de vigilância vigente no Brasil, para avaliação das condições de saúde e direcionamento dos indivíduos aos serviços de atenção à saúde, bem como para adoção das medidas de prevenção e controle da covid-19”, destacou a Anvisa em nota. 

A entrada do passageiro no país foi anterior à edição da portaria Interministerial que proibiu, em caráter temporário, voos com destino ao Brasil que tenham origem ou passagem pela África do Sul.

Vacinação

Ontem, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a principal resposta contra a variante Ômicron é a vacinação. “Esse contrato assinado com a farmacêutica Pfizer é a prova cabal da programação do Ministério da Saúde para enfrentar não só essa variante Ômicron como as outras que já criaram tanto problema para nós”, completou.

Ele afirmou que o cuidado da vigilância em saúde no país permanece o mesmo adotado desde o começo da pandemia. “É uma variante de preocupação, mas não é uma variante de desespero porque temos um sistema de saúde capaz de nos dar as respostas no caso de uma variante dessa ter uma letalidade um pouco maior. Ninguém sabe ainda”.

Estado do Rio divulga calendário do IPVA 2022

Imposto pode ser pago em cota única ou em três parcelas em qualquer banco

O Governo do Estado do Rio de Janeiro definiu as datas de pagamento do IPVA de 2022 para os veículos do estado. De acordo com o calendário, publicado no Diário Oficial desta terça-feira (30/11), o primeiro vencimento da quitação integral e da primeira parcela acontece no dia 21 de janeiro do próximo ano, para os veículos com placa final 0 (zero). Para os proprietários que preferirem parcelar, será permitido o pagamento em três vezes mensais iguais, conforme o número final da placa do veículo – veja o calendário abaixo.

O pagamento do IPVA deverá ser feito por meio da GRD (Guia de Regularização de Débitos), que poderá ser retirada pelo contribuinte pela internet, no Portal da Sefaz-RJ (www.fazenda.rj.gov.br) ou do banco Bradesco (www.bradesco.com.br). É preciso ter em mãos o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores). O pagamento poderá ser realizado em qualquer agência bancária.

Sobre os valores venais (preços de mercado) dos veículos, calculados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), são aplicadas as alíquotas do imposto (4% para carros flex, 2% para motos e 1,5% para carros movidos a GNV).

A Sefaz-RJ dispõe de um portal exclusivo com informações e serviços relativos ao IPVA. Para acessar, basta ir ao endereço www.fazenda.rj.gov.br/ipva

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DO IPVA/2022 PARA VEÍCULOS
AUTOMOTORES TERRESTRES USADOS

PAGAMENTO EM COTA ÚNICA OU EM 3 PARCELAS

Final de PlacaCota Única ou 1ª parcela2ª parcela3ª parcela
021/jan21/fev23/mar
124/jan23/fev25/mar
225/jan24/fev28/mar
326/jan25/fev29/mar
427/jan03/mar04/abr
528/jan04/mar05/abr
631/jan07/mar06/abr
701/fev08/mar07/abr
802/fev09/mar08/abr
903/fev10/mar11/abr

Foto Capa: Foto: SET-RN/Divulgação

INMET emite alerta para Chuvas Intensas em cidades do Norte e Noroeste Fluminense

De acordo com o Instituto há previsões de chuva entre 20 e 30mm/h podendo chegar a 50mm/dia

O ar úmido e quente está espalhado por quase todo o Brasil e nuvens carregadas crescem em toda região, no início da tarde desta terça-feira 30 de novembro o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta de PERIGO, para chuvas intensas.

O alerta é válido para todas as cidades do Norte e Noroeste Fluminense, o Instituto prevê chuva entre 20 e 30mm/h podendo chegar a 50mm/dia, com ventos intensos de 40-60km/h, baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Em caso de rajadas de vento não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada, em caso de emergência ligue 199 ou 193.

Criança de 3 anos esfaqueada foi jogada ainda viva no Rio Macaé, indica laudo do IML

IML disse que, apesar dos ferimentos provocados pelas facadas, a causa da morte foi por afogamento. Avô contou à polícia que a mãe da menina disse que a filha estava no céu, informando depois onde havia jogado a criança

Vítima era Manuela de Aguiar, de 3 anos; ela foi esfaqueada e jogada no Rio Macaé pela própria mãe, segundo a polícia — Foto: Reprodução/Redes sociais
Manuela de Aguiar, de 3 anos; ela foi esfaqueada e jogada no Rio Macaé pela própria mãe, segundo a polícia — Foto: Reprodução/Redes sociais

O laudo do Instituto Médico Legal em Macaé (RJ) apontou que Manuella Minuto Aguiar, de 3 anos, morreu por afogamento, indicando, portanto, que a menina foi jogada ainda viva no Rio Macaé após ter sido esfaqueada, segundo a polícia, pela própria mãe, de 25 anos, presa neste domingo (28).

O delegado Victor de Azevedo, da 128ª DP de Rio das Ostras (DELEGACIA DE PLANTÃO NO DIA), disse que, em depoimento, o avô da criança contou que por volta das 7h30 do domingo foi até a casa da filha e não a encontrou. O avô disse que estava preocupado porque, nos últimos dias, a filha apresentava surtos psicóticos.

Ainda de acordo com o delegado, ao retornar para casa, o avô da vítima encontrou a filha de bicicleta sem a neta no bairro Barra Mares. Ele questionou onde estava a menina e a mulher respondeu que a menina estava no céu e que tinha jogado o corpo no Rio Macaé.

O avô da criança foi até o local informado pela filha e acionou o Corpo de Bombeiros. O corpo foi encontrado na Praia do Barreto. O avô foi até a praia e reconheceu o corpo da neta.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo foi encaminhado para o IML de Macaé por volta das 11h45 do domingo.

Ainda de acordo com o bombeiros, a criança já estava sem vida quando a equipe chegou ao local após pedido de ajuda de uma pessoa que passava pela praia.

Fonte: Por Leonardo Libanio, g1