URGENTE: Hemocentro Regional de Campos está com o estoque de sangue QUASE ZERADO

O Hemocentro Regional de Campos dos Goytacazes no Norte Fluminense está com o estoque de sangue quase zerado.

De acordo com o Hemocentro cirurgias já estão sendo adiadas e a situação atual preocupa caso haja necessidade de atendimento por conta de acidente.

Há necessidade de urgência para doação de qualquer tipo sanguíneo, o Hemocentro Regional de Campos  fica localizado no Hospital Ferreira Machado na rua Rocha Leão no Centro do município, às doações são de 7h às 18h.

Quem pode doar sangue?

Segundo a OMS é necessário cumprir alguns requisitos para você poder doar sangue. Confira algumas das principais dúvidas na hora de doar sangue.

Geral

Estar bem de saúde e ter entre 18 e 69 anos. Jovens a partir dos 16 anos já podem doar caso tenham autorização do responsável. O modelo estará disponível no hemocentro.

Não estar em jejum.

Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

Pesar mais de 50kg.

Não ter feito cirurgia de grande porte a menos de seis meses e de pequeno porte a menos de três meses.

Não ter feito tratamento dentário a menos de 7 dias.

Saúde

Não estar grávida ou amamentando (mães que amamentam devem aguardar a criança completar 12 meses de vida).

Em caso de parto normal, aguardar 3 meses; se cesariana, aguardar 6 meses.

Não estar gripado ou ter tido febre nos últimos 7 dias.

Não ter diabetes, cardiopatia e nem ter contraído hepatite após os 11 anos de idade.

Caso tenha tomado vacina contra gripe, deve-se aguardar 48h; as demais vacinas com bactérias/vírus vivos, por exemplo sarampo e febre amarela, deve-se aguardar 4 semanas.

Comportamento

Não ter doado sangue a menos de 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres).

Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV.

Não ter ingerido álcool nas 12 horas antes da doação.

Não ter feito uso de drogas injetáveis ilícitas.

Não ter feito piercing, acupuntura ou tatuagem a menos de 12 meses.

Não ter feito endoscopia ou colonoscopia nos últimos seis meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *