VISITAS NO PRESIDIO DE CAMPOS ESTÃO SUSPENSAS POR CONTA DO SURTO DE MENINGITE

Mais um interno do Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos, foi diagnosticado com meningite. Preocupada com uma possível proliferação da doença, a A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) anunciou nesse sábado (11/05) que as visitas estão suspensas.

O encerramento das visitas é uma medida temporária, segundo a Seap ideia é monitorar os presos que tiveram contato direto com o presidiário infectado, para evitar a contaminação de mais pessoas.

O preso que está com meningite foi levado para o Hospital Ferreira Machado, onde recebe tratamento.

Um outro presidiário, que também foi internado na unidade, está com sintomas da mesma doença e há suspeita que ele também possa ter sido infectado.

Não foram divulgadas maiores informações sobre os estados de saúde até o momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *