Quinze pessoas são presas em operação contra pedofilia realizada em todo o estado

 Quinze pessoas foram levadas para a Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio, por suspeita de envolvimento em uma rede de pedofilia praticada em grupos de WhatsApp. Elas foram capturadas durante a Operação Imperium, que acontece nesta quarta feira (28/08) em pelo menos nove cidades do estado.

Quatro foram presas em flagrante e 11 foram detidas e terão aparelhos eletrônicos, como celular e computador, periciados.A operação foi realizada pela DCAV e cumpriu 13 mandados de busca e apreensão na capital (4), Itaguaí (1), Nova Iguaçu (1), São Gonçalo (1), Itaguaí (1), Miracema (1), Campos dos Goytacazes (2), Araruama (1), Silva Jardim (1) e Barra Mansa(1). 

“A operação foi fruto de uma investigação minuciosa feita pelo setor de inteligência da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, no qual logramos êxito em identificar, em grupos de WhatsApp, pessoas compartilhando material de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes em situação de abuso sexual”, contou a delegada Cristiane Aguiar.

A delegada disse que as investigações começaram há cerca de três meses a partir de uma denúncia recebida pelo Disque Denúncia.


Divulgação / Polícia Civil

A partir daí, policiais conseguiram se infiltrar nos grupos, formados por homens e mulheres, para comprovar o crime.

Além do Rio, a DCAV também identificou grupos de vários outros estados e até de fora do país. “Pedimos as medidas cautelares pertinentes e na posse desses mandados, estamos hoje realizando a Operação Império de combate à pedofilia em todo o Estado do Rio de Janeiro”, Aguiar reforçou.

O DIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *