QUE SIRVA DE EXMEPLO!! Campos se tornará a 1ª cidade do Norte Fluminense a proibir carroças tração animal

A defensora dos animais e vereadora, Marcelle Pata, entra de vez na luta pelo fim das carroças em Campos. Para tanto, ela quer aprovar um projeto de lei intitulado “Lei Pata”, que foi protocolado nesta quarta-feira (06),  na Câmara de Vereadores.

Com o projeto, Pata quer proibir a utilização de carroças de tração animal para transporte de materiais ou pessoas contratadas por estabelecimentos comerciais do município, sobretudo lojas e depósitos de materiais de construção.

A vereadora quer que o projeto seja votado o mais rápido possível e pretende conversar com os demais vereadores sobre a importância de votar pela aprovação e, por consequência, pelo fim dos maus tratos aos animais. Inclusive, durante a sessão Legislativa desta quarta, Pata voltou a levar para o plenário da Câmara um cartaz no qual pede o fim das carroças, e também mostrou a cópia do projeto de lei.

“Os animais precisam ser libertados dessa exploração. Eles não são veículos, são seres vivos que sentem dor e sofrem. Não posso mais  me calar ao ver animais sangrando e feridos em vídeos que recebo quase diariamente de carroças que circulam livremente em Campos, por isso apresentei o projeto de lei”, disse a vereadora.

Pata explica que já existe uma lei estadual que proíbe o uso de carroças puxadas por animais. No entanto, há um ponto da lei que diz que a utilização das carroças é proibida “por quaisquer atos que caracterizem maus tratos”.  Assim, depende da autoridade policial que analisará se o animal está ou não sofrendo maus tratos.

“Confio nos meus pares, e Campos será a primeira cidade do Norte Fluminense a proibir carroças tração animal. Com a Lei Pata,  haverá multa em dinheiro e até cassação do alvará de funcionamento para o estabelecimento que contratar esse tipo de serviço”, explicou Pata.

“A Prefeitura já está fazendo, a pedido do Ministério Público Estadual, um cadastramento de todos os carroceiros para que seja implantado o Projeto “Cavalo de Lata”, que substitui os animais por carrinhos elétricos”. Desta forma, não vamos deixar os carroceiros e suas famílias desamparados”, finalizou a vereadora e defensora dos animais.

Campos 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *