POLÍCIA ENCONTRA MOEDAS ESTRANGEIRAS NA CELA DO GOVERNADOR PEZAO

Durante uma vistoria, integrantes da Polícia Militar e do Exército encontraram moeda estrangeira na cela onde está preso o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, do MDB.

As inspeções no presídio da Polícia Militar, em Niterói, onde o governador Luiz Fernando Pezão está preso, fazem parte da rotina. São feitas pela Corregedoria a cada duas semanas.

Mas a desta sexta-feira (21) foi a primeira com a participação de militares das Forças Armadas. Eles levaram equipamentos para fazer uma varredura eletrônica.

Usando detectores de metais, os agentes encontraram sete telefones celulares enterrados na horta do presídio, além de outros objetos proibidos, como tesoura e seringas descartáveis. Na inspeção na cela do governador, a polícia e o Exército descobriram cédulas de moedas estrangeiras.

Foram 70 euros, seis mil pesos colombianos, US$ 36 e 25 yuans, moeda chinesa. Isso dá aproximadamente R$ 470, quase cinco vezes o valor permitido para cada detento, que é de no máximo R$ 100.

O governador está numa cela sozinho. Ele foi preso no dia 29 de novembro na Operação Boca de Lobo, um dos desdobramentos da Lava Jato no Rio.

Luiz Fernando Pezão é acusado de participar de um esquema criminoso de cobrança de propina que teria começado ainda no primeiro mandato do ex-governador Sérgio Cabral.

O Ministério Público Federal afirma que Luiz Fernando Pezão recebeu cerca de R$ 40 milhões entre 2007 e 2015.

Segundo a Polícia Militar, o material apreendido nesta sexta-feira vai ser analisado e os responsáveis vão ser punidos disciplinarmente.

Os advogados de Luiz Fernando Pezão chamaram de leviana a acusação de posse de moeda estrangeira e disseram que a denúncia causa estranheza, já que nenhuma irregularidade foi encontrada na cela do governador em outras duas vistorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *