Parte da RJ-148 cede por conta de erosão após temporal na Região Serrana

Na última semana, motoristas foram surpreendidos no km 30 da RJ-148 depois que um pedaço do asfalto cedeu e caiu devido a uma erosão causada pelas fortes chuvas que atingiram a Região Serrana do Rio nos dias anteriores.

O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) comunicou que já está com equipamentos no local para desentupir a galeria pluvial que teria causado o dano, mas até agora não obteve sucesso na operação.

O órgão informou ainda que uma equipe técnica deve voltar nos próximos dias para uma nova avaliação.

A rodovia é a principal ligação entre Sumidouro e Nova Friburgo, e desde a última semana, os veículos estão tendo que fazer um desvio de cerca de três quilômetros e 30 minutos pela estrada vicinal Venda da Ponte, para seguir até o destino.

A preocupação maior daqueles que circulam no local é a condição do solo na parte que sobrou, porque há um grande acúmulo de água represada do outro lado da rodovia, o que pode fazer com que a situação piore ainda mais. Em caso de chuva, o risco é ainda maior.

A Defesa Civil de Sumidouro acredita que a erosão teria sido provocada por uma manilha que entupiu e, com o grande volume de água das chuvas, não suportou e se rompeu, levando parte da pista e gerando a água represada em seu entorno.

Segundo o major Afonso Couto, secretário da Defesa Civil, há ainda pela rodovia outros cinco pontos sensíveis e com risco de desabamento.

Fonte: G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *