CELULARES SÃO APREENDIDOS DENTRO DO PRESÍDIO DE CAMPOS

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou, na manhã desta terça-feira, a maior apreensão de celulares do ano, em uma operação no Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos. Na ação foram apreendidos: 99 celulares; 100 carregadores; 93 baterias; 57 fones de ouvido; 58 chips; quatro balanças de precisão; um tablete, cinco invólucros e 48 balinhas de pó branco, supostamente cocaína; 48 balinhas, quatro tabletes, dois invólucros e 17 balinhas de erva seca, supostamente maconha.

O material será encaminhado para a 146ª DP (Guarus). A operação contou com equipes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen), das unidades Vinhosa Muniz, Carlos Tinoco da Fonseca, Dalton Crespo de Castro e Nilza da Silva Santos, além do Serviço de Operações Especiais.

Só este ano, 660 operações já foram realizadas nas unidades prisionais com 847 celulares apreendidos

POSTO DO BPRV EM VENDA DAS FLORES SERÁ REATIVADO

  O comandante da 4ª Cia do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), Major Daniel Frederico Ramirez, se reuniu com o prefeito de Pádua, Josias Quintal na tarde desta terça-feira (29).

Na reunião, foi falado sobre a previsão do início de funcionamento do posto do BPRv em Venda das Flores, distrito de Miracema.
    A visita marcou a apresentação do novo comandante da 4ª Cia ao chefe do poder executivo paduano, informando oficialmente sobre as ações da corporação no município e região, bem como ações do Governo do Estado para o combate à violência.
   Uma das novidades é a reativação do Posto do BPRv em Venda das Flores, melhorando a segurança viária da extensa malha da região. Atualmente, a segurança nas rodovias estaduais de Pádua ficam sob responsabilidade do Posto 13, em Ponto de Pergunta, divisa de Itaocara com São Sebastião do Alto.


   “Estamos em breve reativando nosso posto em Venda das Flores, distrito de Miracema. A previsão é que já esteja em funcionamento já no período do Carnaval, dando uma maior segurança para a população do interior do Estado”, disse Major PM Daniel Frederico Ramirez.

POLÍCIA APREENDE DROGAS EM PÁDUA

A Polícia Militar apreendeu drogas na tarde desta terça-feira (29/01) no Morro da Caixa D’Água, em Pádua.

Uma pessoa foi encaminhada para a 136ª Delegacia Legal da cidade para prestar depoimento.
   O 36º Batalhão da PM informou que os agentes foram até o morro para apurar uma denúncia. Após buscas na localidade, os PMs apreenderam sete sacolés de cocaína, duas buchas de maconha, material para endolação, dinheiro e um colete tático.
   Um jovem, de 24 anos, foi conduzido para a 136ª DP, onde o caso está sendo registrado. O rapaz foi autuado em flagrante por tráfico de drogas sendo transferido para a Casa de Custódia.

APÓS SUSPEITA DE FRAUDE EM DOCUMENTO FUNCIONÁRIOS DA VALE SÃO PRESOS

Cinco pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (29) suspeitas de responsabilidade na tragédia da barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), que se rompeu na sexta-feira (25). Dois engenheiros da empresa TÜV SÜD que prestavam serviço para a mineradora Vale foram presos em São Paulo. Em Minas, foram presos três funcionários da Vale.

Na noite de segunda-feira (28), a Defesa Civil de Minas Gerais informou que há 65 mortos e 279 desaparecidos após a tragédia provocada pelo rompimento da barragem da mineradora Vale, na região metropolitana de Belo Horizonte. Nesta terça-feira, começa o quinto dia de buscas no local.

Os investigadores do Ministério Público e da polícia apuram se documentos técnicos, feitos por empresas contratadas pela Vale e que atestavam a segurança da barragem que se rompeu, foram, de alguma maneira, fraudados.

Quem foi preso

  • André Yassuda – engenheiro preso em SP
  • Makoto Namba – engenheiro preso em SP
  • Cesar Augusto Pauluni Grandchamp – funcionário da Vale preso em MG
  • Ricardo de Oliveira – funcionário da Vale preso em MG
  • Rodrigo Artur Gomes de Melo – funcionário da Vale preso em MG

Atestado de segurança

Segundo investigadores, os engenheiros presos em São Paulo participaram de forma direta e atestaram a segurança da barragem número 1 da Mina do Feijão, que se rompeu em Brumadinho.

Os engenheiros Makoto Namba e André Yassuda foram presos em São Paulo, nos bairros de Moema e Vila Mariana, Zona Sul. Eles foram levados para a sede da Polícia Civil e deverão ser encaminhados em seguida para Minas Gerais, após embarcarem no Aeroporto Campo de Marte, na Zona Norte.

Na casa de Makoto Namba, chamou a atenção dos investigadores o fato de haver vários recortes de jornal com informações sobre a tragédia de 2015 de Mariana, da Samarco. Também foram identificados cartões de crédito, computadores e extratos de contas bancárias no exterior.

HOMEM É MORTO A TIROS NA CIDADE NOVA EM PÁDUA

Mais um assassinato foi registrado em Padua , noite desta segunda-feira (28/01) no bairro Cidade Nova, a vítima era conhecida como Ticão, segundo as primeiras informações da Polícia, foi morta a tiros por volta das 23h:00.

A Polícia Militar foi acionada e reforçou a segurança no bairro. Ainda não há detalhes de como o crime teria ocorrido. O local foi isolado e será periciado. O corpo do rapaz será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itaperuna. 


   Na semana passada, outro jovem foi morto a tiros na Cidade Nova. Há cerca de dez dias, o bairro vivencia uma guerra entre traficantes de facções rivais.


COMPROMISSO COM A VERDADE