IPTU DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA JÁ DISPONÍVEL

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Pádua informa que já se encontram à disposição dos munícipes os carnês de IPTU, ISS e Alvará e Taxa de Vigilância Sanitária do ano de 2019,
Os carnês podem ser impressos no site www.santoantoniodepadua.rj.gov.br ou ainda poderão ser retirados na Coordenadoria Municipal da Receita, situada na Rua Nilo Peçanha 72, Bairro Chácara, ao lado do INEA, no horário das 12hs às 17hs.

ATENÇÃO: A cota única com 10% de desconto e a primeira parcela dos Tributos Municipais vencerão no dia 10/05/2018 e SOMENTE poderão ser pagas nas Agências da Caixa Econômica Federal, PREFERENCIALMENTE nas CASAS LOTÉRICAS e nos correspondentes CAIXA AQUI.

LEMBRE-SE! Tenha sempre em mãos o carnê do ano anterior para agilizar seu atendimento.

Ex-presidente do Peru se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht

Ex-presidente do Peru ,Alan García morreu cerca de três horas depois de ter atirado contra a própria cabeça diante de uma ordem de prisão preventiva por dez dias emitida pela Justiça. García, de 69 anos, havia sido levado para o hospital Casimiro Ulloa. Ele era um dos dos quatro ex-chefes de Estado do Peru investigados sob a acusação de terem recebido suborno da construtora brasileira Odebrecht, mas negava a acusação de corrupção.

Resultado de imagem para Alan García e lula

— Nesta manhã ocorreu este lamentável acidente: o presidente tomou a decisão de atirar em si mesmo — disse a jornalistas o advogado de García, Erasmo Reyna, na porta do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima.

O secretário pessoal de García, Ricardo Pinedo, confirmou que o ex-presidente entrou em seu quarto depois de ser informado que um promotor batia à porta de sua casa levando a ordem de prisão. Segundo Reyna, ele foi submetido a uma operação, mas não resistiu.

Orador habilidoso que liderou por décadas um partido tradicional do Peru, o Apra (Aliança Popular Revolucionária Americana), García governou o país como um nacionalista de 1985 a 1990 antes de se reinventar como um defensor do livre mercado e ganhar um novo mandato de cinco anos em 2006. No ano passado, ele pediu asilo político ao Uruguai depois de uma ordem judicial que o proibiu de sair do Peru, para evitar que fugisse ou interferisse nas investigações do caso Odebrecht. Montevidéu não aderiu à tese de perseguição política e rejeitou a solicitação.

O caso contra ele faz parte da chamada Lava-Jato peruana e avançou após a  delação premiada  do advogado brasileiro José Américo Spinola, que afirmou no Brasil ter pago US$ 100 mil a García a pedido da Odebrecht . García afirma que recebeu o dinheiro como pagamento de uma palestra feita na Fiesp, em São Paulo, sem nenhuma relação com corrupção.

Marcha indígena faz governo pedir Força Nacional em Brasília; Moro autoriza

O ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o uso da Força Nacional de Segurança na praça dos Três Poderes e na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, por 33 dias, que contam a partir de hoje. A medida foi solicitada pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional), comandado pelo general Augusto Heleno. Segundo Heleno, a medida é para “desencorajar violência em atos”. Em nota, o GSI disse que o emprego da Força “é de caráter preventivo e tem como objetivo garantir a segurança do Patrimônio Público União –Ministérios– e de servidores, em função da previsão de manifestações na Esplanada dos Ministérios”.

O UOL apurou que, por conta de manifestações previstas nas próximas semanas, o GSI pediu para que a Força Nacional ficasse de prontidão. Há a expectativa de uma marcha de indígenas e atos de movimentos sociais para os próximos dias. Ocorrências de distúrbio em ocasiões anteriores teriam motivado a solicitação. As manifestações de indígenas em Brasília fazem parte do ATL (Acampamento Terra Livre), uma marcha de indígenas de diversas partes do Brasil à capital federal que ocorre há 15 anos. Neste ano, o acampamento está previsto para acontecer entre os dias 24 e 26 de abril. Em 19 de abril, celebra-se o Dia do Índio.

O acampamento de indígenas em Brasília foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL), na semana passada. Durante uma transmissão ao vivo via Facebook, o presidente se referiu ao evento como “encontrão” e disse que quem iria pagar a conta seria o “contribuinte”. A responsável pela organização do evento, Sônia Guajajara, rebateu o presidente dizendo que o acampamento será realizado com recursos de doações e sem dinheiro público. O PSOL, partido que teve Guajajara como sua candidata a vice na chapa presidencial em 2018– vai apresentar um projeto de decreto legislativo para sustar portaria de Moro. Em nota, o partido diz que se trata de “uma tentativa de impedir a livre manifestação, num momento em que se discute a reforma da Previdência e quando, na próxima semana, Brasília sedia a Acampamento Terra Livre”.

PINTOR CAI DE ANDAIME EM ITAOCARA

Um pintor de 37 anos ficou ferido ao cair de um andaime no bairro Pôr do Sol, em Itaocara, na tarde desta terça-feira (16/04). Ele trabalhava em um imóvel, que fica às margens da Avenida Valdevino Lino de Faria.

Segundo informações o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 16:10 para o resgate do pintor. Ele foi encaminhado por uma ambulância do Hospital Municipal de Itaocara para a Casa de Saúde João XXIII.

A Casa de Saúde informou que o paciente será transferido para Itaperuna e seu estado de saúde é estável.

HOMEM É PRESO APÓS USAR BATATA DOCE COMO ARMA DURANTE ASSALTO

Um homem de 29 anos foi preso após tentar roubar um rapaz na noite desta segunda-feira (15/04), em um bairro da parte alta de Maceió, capital de Alagoas. Até aí, nada de diferente.

O inusitado foi que o criminoso usou uma batata-doce para simular uma arma de fogo.

Segundo informações , o bandido conseguiu levar a vítima até um matagal, onde ele o agrediu com uma barra de ferro. Percebendo que, na verdade, o objeto que o homem usou para anunciar o assalto não era uma arma de fogo, o rapaz reagiu e imobilizou o criminoso.

“Percebi que o assaltante estava me batendo mesmo com uma arma na cintura e desconfiei. Então decidi imobilizá-lo, arrastei ele com uma chave de braço e pedi ajuda a quem passava pela pista”, contou a vítima.

O criminoso acabou sendo preso e levado para a Central de Flagrantes I da capital alagoana, onde foi autuado por tentativa de roubo.