MORRE O CHEFE DO TRAFICO DO MORRO DO CHAPADÃO NO RIO

O traficante César Augusto de Araújo, de 30 anos, conhecido como PQD, morreu neste domingo (21/04), no Hospital Penitenciário do Rio. O criminoso, apontado como chefe do tráfico do Chapadão, foi ferido por estilhaços do seu próprio fuzil, que explodiu enquanto ele o manuseava.

Os estilhaços da arma perfuraram o pulmão e o abdômen do traficante. Antes de ser preso e transferido para o hospital penitenciário, PQD estava em uma unidade particular em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

De acordo com o delegado Vinícius Domingos, a polícia recebeu a informação que um traficante teria dado entrada em um hospital na Baixada Fluminense e começou a investigar.

No local, a polícia confirmou a informação de que o criminoso se feriu enquanto manuseava o próprio fuzil na quinta-feira (18/04). Ao ser questionado sobre o ferimento, PQD disse que havia tido um “acidente de trabalho”.

César Augusto havia sido preso em 2015 numa operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) onde foram presos outros homens da mesma facção.

Entre eles, um dos chefes do tráfico no Chapadão naquela época, conhecido como Fu da Mineira. Eles estavam escondidos em uma casa dentro da comunidade. Na época, foi apreendido com eles um fuzil calibre 50.

Segundo a polícia, o traficante foi responsável pelos recentes ataques ao Morro do Cajueiro, em Madureira. A comunidade foi tomada por uma facção rival a de PQD, e ele queria retomar o território.


IDOSO MORRE ATROPELADO EM PÁDUA

Um idoso morreu após ter sido atropelado na RJ 186, no bairro Santa Luzia, próximo dos limites de Pádua com Pirapetinga (MG).

O acidente aconteceu no início da noite da ultima quinta-feira (19/04), no momento em que o aposentado Odílio Coelho, de 79 anos, tentava atravessar a pista e acabou atingido pela Van de cor azul, com placa de Mimoso do Sul (ES), conduzida por outro idoso de 65 anos.

Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Hélio Montezzano, mas vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu na noite de sexta-feira (20/04) e seu corpo, removido ao IML de Itaperuna.

Aocorrenciafoi registrada 136ª DP de Pádua

MULHER É PRESA VENDENDO DROGAS EM BOM JESUS

Policiais Militares da 2ª Companhia do 29º BPM prenderam uma jovem de 19 anos, acusada de tráfico de entorpecentes, no bairro Pimentel Marques em Bom Jesus do Itabapoana.

Segundo informações os policiais desconfiaram de um carro, estacionado em frente a um local suspeito e ao realizarem buscas no veículo, encontraram um pino de cocaína, que G.T.S., de 38 anos, afirmou ter acabado de comprar por R$ 10 de L. A. L.

Ela ainda tentou se esconder dentro de casa, na qual os PMs aprenderam mais 24 pinos idênticos, escondidos na geladeira. Autuada em flagrante na 144ª Delegacia, a envolvida foi transferida ao presídio feminino de Campos .

Adolescente é vítima de tentativa de feminicídio em Laje do Muriaé

Um briga de casal terminou em tentativa de feminicídio contra uma menor e lesão corporal contra um idoso, na comunidade Chácara do Cruzeiro, em Laje do Muriaé.

A confusão aconteceu na manhã deste sábado (20), no interior da residência da adolescente D.S.S., de 17 anos, depois que seu namorado, identificado como Allan de Almeida, de 26 anos, transtornado depois de discutirem, saiu do local e retornou instantes depois com uma arma de fogo e apontou para a vítima, que se atracou com ele, momento que aconteceu um disparo e atingiu no pé seu avô, Sebastião Pinto de Souza, de 76.

Testemunhas desarmaram o acusado, que fugiu antes da chegada da Polícia Militar, que apreendeu o artefato e o apresentou 138ª Delegacia, onde o rapaz acabou autuado por tentativa de homicídio (feminicídio), lesão corporal e porte ilegal de arma. O aposentado foi socorrido e passa bem.

‘Quebra de um sonho’ Festa de formatura programada há 3 anos é cancelada no dia em ia acontecer

Três anos de expectativa frustrados por uma mensagem de texto enviada no dia da festa de formatura pela empresa Aloha Formandos. Foi o que vivenciaram os formandos dos cursos de Engenharia de Produção e Administração de uma faculdade em Macaé no sábado (20/04).


Ele conta que 24 estudantes da faculdade Miguel Ângelo da Silva Santos, a Femass, pagaram R$ 4.600 pelo evento. O contrato foi fechado em 2016 e a festa estava marcada para as 23:00. O anúncio de que ela não aconteceria veio às 17:15

A justificativa dada pela empresa aos formandos para o cancelamento foi um problema no caminhão faria o transporte de equipamentos necessários para a realização do evento.

“Foi a quebra de um sonho… Parentes vieram de outras cidades e estados. Ninguém acreditava, achavam que era brincadeira. Já tinha gente no salão se arrumando”, relata Rodolfo Ferreira, uma das vítimas do golpe.