ÔNIBUS DA UFF IRÁ PARAR DE RODAR

A empresa Luso Brasileira enviou um ofício à Universidade Ferderal Fluminense (UFF) nesta segunda-feira (25/03) comunicando o encerramento de sua prestação de serviços para o transporte de estudantes e servidores da instituição de ensino através do BusUFF. De acordo com a companhia, os serviços serão encerrados no dia 25/04/2019 e está sendo aguardada a formalização de um contrato emergencial para o período 01/03/2019 a 24/04/2019.

A decisão foi tomada após a empresa ter sido alertada pelo Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) a respeito dos constantes atrasos no pagamento dos 75 rodoviários, que prestam serviços para a instituição de ensino.

Para o rompimento unilateral do contrato, a Luso Brasileira alegou que a UFF está inadimplente há sete meses e, por conta disso, não tem mais condições de manter os motoristas. O encerramento das atividades pode prejudicar cerca de de 51,4 mil alunos e 7,6 mil servidores da instituição.

Procurada, a Universidade Federal Fluminense por meio de nota falou sobre o caso.

“O atraso nos pagamentos é consequência da perda real do orçamento das IFES, noticiada amplamente pela imprensa nos últimos anos. As universidades federais estão com o orçamento de custeio congelado desde a aprovação da emenda constitucional do teto dos gastos em 2016 e estão sofrendo cortes em verbas discricionárias.

As matrículas ainda crescem, resultado do processo de expansão, os contratos precisam ser reajustados e o orçamento não acompanha. Isso provocou um descompasso entre as verbas necessárias para manter todos os serviços e os repasses do governo federal. Por isso, estamos tomando medidas de revisão de todos os contratos para reduzir os custos.

Enquanto isso, implementamos ações pontuais de limpeza e de manutenção nos campus. Apesar do fluxo financeiro mensal não ter sido regular e o montante repassado ter sido inferior as nossas despesas, a UFF está buscando verbas suplementares e emendas parlamentares para aumentar a sua receita e poder, assim, honrar as suas dívidas.”

Questionada, a UFF não explicou sobre outra alternativa para atender os alunos após o término do serviço.

O Sintronac está convocou todos os 75 rodoviários da empresa, que prestam serviços à UFF, independentemente do município onde morem ou atuem, para uma assembleia na sede do Sindicato, localizado na Rua Marechal Deodoro, no Centro de Niterói, sábado (30/03).

Na assembléia foram discutidos assuntos como o processo indenizatório funcionários além de serem procuradas alternativas realocação dos profissionais em outros contratos da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *