Jiboia de 1,70m é resgatada em praia de São Francisco de Itabapoana

Uma jiboia da espécie Boa Constrictor foi resgatada por membros da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil (Sema) de São Francisco de Itabapoana (SFI), na tarde desse domingo (26), na praia dos Sonhos.  A cobra possuí aproximadamente 1,70 m de comprimento e estava na copa de uma árvore no quintal da residência de um casal de idosos.

O agente de Fiscalização responsável por resgatar a cobra, Marcelo Cardoso, explicou o estado em que o réptil foi encontrado. “A jiboia não possuía ferimentos e estava em estado de torpor, quando fica parada digerindo alguma provável presa. Como a digestão é lenta, pode durar dias ou até algumas semanas”, esclareceu.

A Sema informou que o animal foi solto em um córrego, na zona de amortecimento, próximo a Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba. De acordo com a secretária da pasta, Luciana Soffiati, as pessoas devem redobrar sua atenção, pois as grandes incidências de chuvas, também invadiram habitats naturais dos animais que acabam se refugiando em outros lugares.

“Como nossa região recebeu uma quantidade de água muito grande nos últimos dias, alguns animais acabam buscando refúgio em outros ambientes e muitas das vezes em locais urbanizados. Pedimos às pessoas que fiquem atentas e que mantenham seus quintais limpos para não se tornarem esconderijo de animais”, alertou.

Para solicitações deste tipo, a população deve entrar em contato com  Sema pelo Canal Verde através do telefone (22) 9.8161-6713 ou presencialmente na sede do órgão, que fica localizada nas dependências da Rodoviária Municipal, bem na chegada da cidade, em frente à Praça dos Três Poderes, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Características – A jiboiaé considerada a segunda maior espécie do território nacional, ficando atrás apenas da sucuri.O nome científico da jiboia é Boa constrictor e seu termo constrictor está relacionado com uma capacidade dessa serpente: a de matar a presa pela constrição de seu corpo.

As jiboias são encontradas tanto no solo quanto sobre as árvores. Não é uma cobra peçonhenta e não consegue comer animais de grande porte. Elas se alimentam preferencialmente de mamíferos roedores de pequeno porte, alguns anfíbios, aves, outros répteis, como lagartos e também de ovos de outros animais.

Ascom SFI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *