Diocese de Campos muda ritos em missas para prevenção ao coronavírus

A Diocese de Campos divulgou, nesta sexta-feira (28), orientação de saúde para a prevenção ao coronavírus. Em todo o Brasil, o Ministério da Saúde está monitorando 132 casos suspeitos da doença.

O primeiro caso confirmado foi em São Paulo, no último dia 25, e o paciente é um homem de 61 anos, que esteve na Itália dos dias 9 a 21 de fevereiro. Em Campos e em Macaé, há duas pessoas com suspeita do vírus. O material de orientação aos membros da Igreja, visando aos cuidados com a população, foi veiculado em redes sociais.

O documento, assinado pelo bispo Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, orienta que párocos, quase párocos, reitores, capelães, ministros e agentes da Pastoral da Saúde devem “oferecer, junto à pia de água-benta ou perto da porta das igrejas, álcool para procedimentos assépticos; comunhão na mão, de preferência; a oração do Pai Nosso sem mãos dadas; a saudação da paz, sem ósculo ou abraço, substituída ou por uma reverência ou gesto com a cabeça, ou oração e silêncio interior, desejando a paz”.


Ainda de acordo com as orientações, é necessário haver “higienização as mãos com álcool antes de distribuir a comunhão para os ministros e respeito às normas hospitalares de higiene e cautela em ocasião de visitas ou atendimentos”.

“O importante é a observância motivada pela caridade fraterna, como um sinal de valorização da vida e solidariedade, vencendo a ameaça e riscos deste vírus perigoso e mostrando a responsabilidade e a compaixão para com todas as pessoas”, finalizou o bispo em documento.

Fonte: Folha 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *