Chuva no ES: 277 desalojados, 166 desabrigados, 6 feridos e uma pessoa morta; estado ainda é de alerta máximo

O número de desalojados por conta das fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde a noite de terça-feira (12/11), subiu para 277.

De acordo com o novo balanço, divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil na manhã desta sexta-feira (15/11), há registro também de 166 desabrigados, seis feridos e um óbito. 

O município de Viana, que registrou 83,2 milímetros de chuva nas últimas 24 horas, é o mais afetado, com 156 desalojados e 81 desabrigados. Os pontos de alagamento são nos bairros Vila Betânia, Industrial, Canaã e Marcílio de Noronha. Há ainda risco de deslizamento no bairro Ribeira.

Parte da Rodovia BR-262, esá interditada entre o km 22, local próximo ao Complexo Penitenciário de Viana e o km 38, em Santa Isabel, Domingos Martins, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Espírito Santo.

A interdição acontece em razão das consequências decorrentes das fortes chuvas dos últimos dias no estado.

Uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), permanece no local para realizar o trabalho de recuperação em trechos afetados. 

Na manhã desta sexta-feira (15/11), uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) do Espírito Santo, atua no monitoramento e recuperação em pontos mais afetados pelas chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias.

Além desta interdição, um grupo de moradores realizou um protesto devido os estragos e alagamentos provocados pelas chuvas, na altura do bairro Seringal, em Viana, que durou quase duas horas.

Segundo informações do superintendente do Dnit, Romeu Scheibe, uma equipe trabalha para recuperar trechos da rodovia BR-262, que teve parte comprometida e gera riscos para quem precisa transitar pelo local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *