Arquivo da categoria: Noticias

FAMILIARES E ESPOSAS DE POLICIAIS MILITARES DE CAMPOS SEGUEM COM PROTESTO

PELO SEGUNDO DIA CONSECUTIVO , FAMILIARES DOS PMS DO BATALHÃO DE CAMPOS NO NORTE DO ESTADO DO RIO SEGUEM PROTESTANDO  NA PORTA DO BATALHÃO!

A MANIFESTAÇÃO SEGUE PACIFICA E NÃO IMPEDE AS VIATURAS DE SAÍREM PARA POLICIAMENTO NAS  ÁREAS DE ATUAÇÃO DO BATALHÃO.

ASSIM COMO OCORRE NO ESPIRITO SANTO , ELAS REIVINDICAM MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO E PAGAMENTO DO DÉCIMO TERCEIRO.

 

 

 

Polícia Civil completa 48 horas fora do ar com sistema de informática

O sistema de informática da Polícia Civil completou 48 horas fora do ar no início da noite desta sexta-feira. O problema começou às 18h de quarta-feira. Os registros de ocorrência estão sendo feitos num sistema de emergência para que sejam incluídos posteriormente no banco de dados. Enquanto isso, no entanto, só quem fez a peça consegue visualizá-la. Com a pane, não é possível consultar mandados de prisão e nem mesmo incluir novos, por exemplo.
O sistema saiu do ar após os dois discos que armazenam as informações apresentarem problemas. Um deles queimou e o outro teve os dados corrompidos.
Na quinta-feira, matéria do EXTRA mostrou que o chefe de Polícia do Rio, delegado Carlos Leba, temia que houvesse uma paralisação do sistema por causa da falta de pagamento à empresa que faz sua manutenção. No entanto, procurado nesta sexta, Leba afirmou não acreditar que o problema tenha ligação com a dívida da Polícia Civil com a companhia. Enquanto isso assaltos e furtos em Pádua não podem ser registrados.

40 anos de prisão para Eike Batista e Sérgio Cabral é o que pede MPF-RJ

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro denunciou, nesta sexta-feira (10), o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, o empresário Eike Batista e mais sete pessoas (veja abaixo a lista completa). A denúncia é resultado da Operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato no Rio.
Segundo os procuradores, a pena de Eike pode chegar a 44 anos e a de Cabral a 50, caso eles sejam condenados por todos crimes denunciados. A legislação brasileira, porém, limita o cumprimento de pena a 30 anos.
Eike é acusado de cometer dois crimes de corrupção ativa e um de lavagem de dinheiro. Já Cabral foi denunciado por dois atos de corrupção passiva, dois de lavagem de dinheiro, além de um de evasão de divisas.
Agora, a Justiça vai decidir se os denunciados viram réus por esses crimes. Eike já responde a processos por crimes financeiros. Cabral já é réu pela Lava Jato.
Denunciados pelo MPF
Sérgio Cabral, ex-governador do Rio: corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas Adriana Ancelmo, mulher de Cabral: corrupção passiva e lavagem de dinheiro Wilson Carlos, ex-secretário de Governo: corrupção passiva e lavagem de dinheiro Carlos Miranda, suspeito de ser operador do esquema : corrupção passiva e lavagem de dinheiro Eike Batista, empresário: corrupção ativa e lavagem de dinheiro Flávio Godinho, ex-sócio de Eike: corrupção ativa e lavagem de dinheiro

O MPF investiga dois pagamentos suspeitos feitos por Eike Batista ao ex-governador. O primeiro deles, de US$ 16,5 milhões, se refere a um contrato falso de intermediação da compra de uma mina de ouro. Outro, revelado nesta sexta, seria de R$ 1 milhão a ex-primeira dama e mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. O escritório de advocacia dela teria recebido a propina numa simulação de prestação de serviços através da EBX, uma das empresas do conglomerado do empresário.

Luiz Arthur Andrade Correia: lavagem de dinheiro Renato Chebar, operador financeiro: lavagem de dinheiro e evasão de divisas Marcelo Chebar, operador financeiro: lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Na última quarta (8), a Polícia Federal tinha indiciado 12 pessoas na Operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato no Rio. Mas nem todas elas foram denunciadas pelo MPF. Entre as que ficaram de fora, estão os operadores Luiz Carlos Bezerra e Sérgio de Castro Oliveira, a ex-mulher de Cabral, Susana Neves Cabral, e o irmão de Cabral, Mauricio de Oliveira Cabral Santos.

As investigações continuam e mais pessoas ou crimes ainda podem ser denunciados pelo MPF.

O que diz a denúncia.
O MPF investiga dois pagamentos suspeitos feitos por Eike Batista ao ex-governador. O primeiro deles, de US$ 16,5 milhões, se refere a um contrato falso de intermediação da compra de uma mina de ouro. Outro, revelado nesta sexta, seria de R$ 1 milhão a ex-primeira dama e mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. O escritório de advocacia dela teria recebido a propina numa simulação de prestação de serviços através da EBX, uma das empresas do conglomerado do empresário.

De acordo com os procuradores, ainda não é possível dizer quais negócios de Eike foram favorecidos por causa dos repasses ao grupo do ex-governador.
“Não estamos vinculando o pagamento de propina a um empreendimento específico. Havia uma série de interesses do empresário no Estado, então esse pagamento de propina era para comprar apoio e atos decisórios do governo que poderiam beneficiar interesses da EBX”, diz o procurador Rafael Barreto.

O pagamento a Adriana Ancelmo foi feito por meio de transferência bancária. Segundo os investigadores, advogados que trabalhavam no escritório dela há anos disseram que jamais haviam prestado serviço para a empresa de Eike.
Em operação de busca e apreensão no escritório, também não foram encontrados documentos relativos à EBX, segundo o Ministério Público Federal do Rio.
Adriana Ancelmo está presa desde 6 de dezembro do ano passado, no Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste. A prisão é a mesma onde está o marido. Ela foi detida na Operação Calicute suspeita de lavar dinheiro e ser beneficiária do esquema de corrupção comandado por Cabral.

Desde que foi preso, em 30 de janeiro deste ano, Eike Batista já foi levado duas vezes a prestar depoimento à Polícia Federal, mas segundo seu advogado, Fernando Martins, ele se manteve calado, reservando-se o direito de falar apenas em juízo. Ainda segundo Martins, o empresário disse apenas que desconhecia o repasse de US$ 16,5 milhões ao ex-governador Cabral. 

Região tem patrulhamento normal na manhã desta sexta-feira

Mulheres de PMs haviam combinado de ocupar a frente do 36° Batalhão às 6h, mas até às 7h não havia nenhum manifestante no local

O patrulhamento segue normal em todo estado do Rio de Janeiro, apesar de alguns batalhões registrarem protestos. Em Santo Antônio de Pádua, familiares de PMs estavam se organizando para ocupar a frente da unidade no início da manhã desta sexta-feira (10), mas até às 7h não havia nenhum manifestante no local.

Em troca de mensagens em grupo no WhatsApp alguns sugeriram até o bloqueio do portão do batalhão, como ocorre no Espírito Santo. A mobilização para os protestos no estado do Rio de Janeiro deixou a população assustada, no entanto, nenhuma região do estado teve o patrulhamento prejudicado, segundo a Polícia Militar.

Na noite de ontem, quando alguns batalhões já registravam protestos, a Polícia Militar divulgou um vídeo em sua página oficial no Facebook, onde o porta-voz da corporação, o Major Ivan Blaz, fazia um apelo. Blaz disse que a PMERJ estava ciente das manifestações diante das unidades, mas que é fundamental não esquecer o que ocorre no Espírito Santo e que por mais difícil que seja a situação no Rio de Janeiro, não pode ser permitido que o cenário de barbárie se repita por aqui.

Ao final, Blaz clamou para que os familiares não interfiram na segurança. “Por favor, não impeçam a saída do policiamento”, disse.

Varios Batalhões OCUPADOS RJ


​DIVERSOS BATALHÕES DA PMERJ COMEÇAM A SER  OCUPADOS POR FAMILIARES DOS POLICIAIS.

NÃO QUEREMOS COLOCAR MEDO NA POPULAÇÃO, MAS CUIDADO AMANHÃ, NÃO SABEMOS O QUE PODE ACONTECER.
Frente dos batalhões sendo ocupados agora:

14 BPM ocupando  (Bangu)

39 BPM ocupado (Belford Roxo)

28 BPM ocupado (Volta Redonda) 

24 BPM ocupado (Queimados)

16 BPM ocupadondo ( Olaria)

POLICIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DESMENTE BOATOS DE GREVE!

A ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SECRETÁRIA DE SEGURANÇA PUBLICA DO ESTADO DO RIO E O COMANDO DA PM, DESMENTIRAM INFORMAÇÕES DE QUE AGENTES DA CORPORAÇÃO ENTRARÃO EM GREVE NA PRÓXIMA SEXTA(10) COM O AVAL DO COMANDANTE GERAL CORONEL WOLNEY DIAS.

“São falsos esses documentos que estão circulando nas redes sociais”, publicou a assessoria na página da PMERJ, no Facebook. A assessoria da Secretaria de Segurança Pública também confirmou ao Jornal Na Boca Do Povo que a informação sobre autorização de greve pela Polícia Militar não passa de boato.

Nesta terça-feira (7), circularam nas redes sociais um ofício supostamente assinado pelo Comandante Geral da PM no qual ele pede para que a população evite sair às ruas a partir da sexta-feira. O despacho de número 422/Sec/07 informa que a “greve geral lícita” é motivada pelos atrasos de salários e do 13º salário de 2016.

Em postagem, também no Facebook, nesta manhã, a PM afirmou que “é preciso pensar que o impacto da nossa ausência poderá recair sobre nossos ombros, sobre nossas famílias. A nossa falta causaria males incalculáveis e irreparáveis. Temos a certeza que passamos por um momento muito delicado, mas é preciso avaliar as consequências dos nossos atos. Protestos são legítimos, mas precisamos buscar a melhor forma de reivindicar nossos direitos. Paralisar um serviço essencial afeta toda a população, incluindo nossas famílias. A quem interessa a barbárie?”.

As informações desencontradas sobre uma possível greve da Polícia Militar no estado do Rio ganharam mais força nesta segunda-feira (6) com a paralisação do trabalho de agentes estaduais no Espírito Santo, além da ampla divulgação de imagens de pânico com os assaltos e outros crimes que tomaram a cidade de Vitória. Com a greve, o governo federal anunciou o envio de agentes da Força Nacional para o Espírito Santo.Portanto são falsas as veiculações em grupos de Whatsapp e Facebook.

Ônibus Escolares são paralisados em Santo Antônio de Pádua Rj.

Ônibus escolares são paralisados em Santo Antônio de Pádua Rj.
Hoje nossas Crianças esperaram, esperaram e nada de chegar ônibus para levarem até as escolas, não sabemos o motivo ainda dos ônibus terem parado pois a secretaria de transporte não nos atende, para nos da uma explicação.
Pois nem se quer deu um aviso aos pais.

O Jornal na Boca do Povo gostaria de chamar a atenção dos nosso prefeito e vereadores que em suas campanhas falaram bonito prometendo em lutar pelo povo, e por isso peço que briguem pelas nossas crianças que estudam em busca de um futuro melhor, mais em especial aos vereadores Paulinho da Refrigeração e o Josias da Cidade Nova, que se dizem representante do maior bairro da Cidade de Pádua, onde certamente contem o maior numero de crianças que depende do trasporte.

Caso a Secretaria de Transporte tenha algo a nos dizer para esclarecer esse fato estamos no aguardo…

Carreta desgovernada bate e derruba um poste de energia e o muro dá Secretaria Municipal de Obras em Pádua.

Carreta desgovernada bate e derruba um poste de energia e o muro dá Secretaria Municipal de Obras em Pádua.

Acidente aconteceu pouco depois das nove horas dá manhã desta sexta feira, dia 3, na estrada Pádua/ Ibitiguaçú, altura do bairro Divinéia.

Por causa do acidente, o trânsito ficou interrompido e houve queda de energia por alguns minutos.

Bombeiros e Policia Militar estiveram no local. Vítimas socorridas no Hospital Helio Montezano.


Dona Marisa fica sem fluxo cerebral, e família autoriza doar órgãos

Hospital Sírio-Libanês divulgou boletim médico nesta quinta-feira (2) no qual informa que Dona Marisa Letícia, 66 anos, mulher do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva ficou sem fluxo cerebral. A família já autorizou a doação de órgãos, segundo um post publicado na página do Facebook do ex-presidente. (Foto: Roberto Stuckert Filho)