Retorno x afirmação: Copa do Brasil define futuro de Mano e Rueda

Cruzeiro e Flamengo fazem grande final da competição no Mineirão, em BH

 

O grande dia da final da Copa do Brasil 2017 entre Cruzeiro e Flamengo chegou. A competição será decidida nesta quarta-feira (27) e quem está ainda mais de olho nessa conquista são os treinadores Mano Menezes e Reinaldo Rueda, que sonham com a conquista por motivos distintos.

A partida de ida terminou empatada por 1 a 1. Com isso, qualquer novo empate leva a disputa para os pênaltis já que não existe o gol qualificado na final.

De um lado, Mano, que já carrega uma história rica na Copa do Brasil, e quer voltar ao holofotes. O seu primeiro trabalho de sucesso foi com o 15 de novembro de Campo Bom, em 2004, quando ficou com a 3ª colocação do torneio. Cinco anos depois, Mano enfim conquistou seu título, dessa vez no comando do Corinthians.

Os bons trabalhos de Mano o levaram ao comando da seleção brasileira. No entanto, o desempenho não foi o esperado e ele acabou ficando desprestigiado no cenário nacional. O título da competição neste ano poderia alavancar novamente a carreira do treinador de 55 anos.

Do outro lado, Reinaldo Rueda passa por uma situação totalmente oposta. Supercampeão na Colômbia, ele necessita do título para se firmar de vez no futebol nacional, em que o treinador gringo sempre é recebido com certa desconfiança.

Além disso, Rueda conseguiria um feito inédito de se tornar o primeiro técnico estrangeiro da história a conquistar o título da Copa do Brasil.

Equilíbrio dentro das quatro linhas

A grande chave das duas equipes para chegar ao título estão nos armadores. Thiago Neves e Diego são os maestros de Cruzeiro e Flamengo, respectivamente, e, por isso, são a grande esperança dos torcedores.

O equílibrio existe também nas mudanças forçadas pelos treinadores, com uma para cada lado. Mano não contará com Rafael Sóbis, que está suspenso, e Raniel deve ser o substituto.

Já Rueda perdeu o goleiro Thiago, lesionado, e recorrerá a Alex Muralha, que vive relação de amor e ódio com o torcedor rubro-negro.

Ficha técnica

Provável Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson, Henrique, Robinho, Thiago Neves e Alisson; Raniel. Técnico: Mano Menezes

Provável Flamengo: Muralha; Pará, Rever, Juan e Trauco (Renê); Cuéllar, Willian Arão e Diego; Berrío, Éverton e Guerrero. Técnico: Reinaldo Rueda.

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Manis (SP)

Estádio: Mineirão (MG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *