SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA RJ EM ALERTA PARA A FEBRE AMARELA

Secretaria de Estado de Saúde colocou o município de Pádua em alerta, por causa da Febre Amarela, mas não enviou as doses para que a população seja imunizada!

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicou na última quarta-feira (18/1), nota técnica orientando aos municípios que intensifiquem a vigilância a pacientes com sintomas característicos da febre amarela e, visando tornar o sistema de vigilância mais sensível, os casos suspeitos foram definidos de acordo com o cenário de risco mapeado pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES.

Além de publicar a nota técnica, a secretaria solicitou 250 mil doses da vacina contra a doença ao Ministério da Saúde, que serão distribuídas pela SES às Prefeituras de municípios localizados nas divisas com os estados de Minas Gerais. A medida é preventiva, uma vez que o Rio de Janeiro não se configura como uma região endêmica para febre amarela. Não houve registro de casos da doença com transmissão dentro do estado (autóctones) nas últimas décadas. O objetivo da vacinação, que será realizada pelas Secretarias Municipais de Saúde, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, é criar uma região de bloqueio para o vírus da doença, visando evitar sua entrada no RJ.

De acordo com Regina Célia da Silva Teixeira, coordenadora do Programa Nacional de Imunização de Santo Antônio de Pádua, o município não dispõe de muitas doses da vacina pois não faz parte da região edêmica da doença. As doses disponíveis são aplicadas em pessoas que irão viajar para as regiões onde a doença é detectada, tendo um agendamento de no mínimo 10 dias de antecedência.

Ainda de acordo com a Coordenadora, está sendo elaborado uma estratégia para assim que as doses chegarem ao município rapidamente a população seja vacinada.

‘Faremos uma ampla divulgação nos meios de comunicação do município, objetivando imunizar o maior número de pessoas, disse Regina Célia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *