36° BATALHÃO DE POLICIA RECEBE VIATURA ¨MARIA DA PENHA¨

36° Batalhão de Policia em Pádua recebe nessa sexta-feira uma viatura destinada a combater a violência contra a mulher, a viatura é personalizada mantendo sua cor azul com uma faixa lilas e com a seguinte frase ¨ Patrulha Maria da Penha-GUARDIÕES DA VIDA .¨ que em breve estará atuando nas ruas.

Só no primeiro semestre deste ano, as 14 Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (Deam) do estado fizeram 374 prisões. O número é maior do que o registrado no ano passado inteiro.

Além disso, a Polícia Civil realizou, aproximadamente, 1.300 indiciamentos por mês e 23.380 medidas protetivas em favor de vítimas de violência doméstica.

Segundo a delegada Ana Lúcia Costa Barros, o aumento no número de denúncias não caracteriza, necessariamente, um aumento na violência. Ela acredita que, na verdade, os registros de casos deixa evidente a coragem das mulheres em denunciar.

“A gente acredita que não é o número da violência que aumentou, mas sim o encorajamento dessas mulheres em procurar ajuda. A investigação, com a procura dessas mulheres, tem se tornado mais célere e isso reflete no número de prisões”, destacou a delegada.

Atendimento às mulheres

Ainda de acordo com a delegada, mais de 70% das mulheres que procuram atendimento saem da delegacia e vão procurar ajuda.

Depois de feita a denúncia, a Prefeitura tem uma estrutura de atendimento à mulher que sofreu a violência.

O Centro de Atendimento à Mulher (Ceam) Chiquinha Gonzaga realiza atendimento e acompanhamento psicológico, social e orientação jurídica à mulher em situação de violência doméstica e familiar.

A casa Viva Mulher Cora Coralina também é um dos abrigos para mulheres e seus filhos em situação de violência doméstica com risco de morte.

Quem precisar de ajuda, pode dois números para informações: o 180 (ligação gratuita) e o disque mulher 2620-6638/2620-1993/2719-3047

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *